Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Habitação

por Carlos Gaspar, em 18.09.09

Esta cidade está cada vez mais descaracterizada em todos os aspectos. Por mais que rebusquemos não encontramos coisas boas feitas por esta que  já foi a maior estância de veraneio deste País.

Mas hoje vou centrar a minha crítica na habitação, nomeadamente nas principais artérias da cidade, nomeadamente no centro.

 É perfeitamente inconcebível que, na Avenida 1º de Maio, na Rua Miguel Bombarda, na Rua Engenheiro Duarte Pacheco, na Rua Heróis da Grande Guerra e na Praça da República entre muitas outras, não só se ocupem com estabelecimentos os rés do chão como também se arrendem os andares de habitação para estabelecimentos e escritórios, quando a maioria desses apartamentos são excelentes para serem habitados.Isto para além dos muitos apartamentos  situados por cima dos estabelecimentos, nomeadamente na Rua das Montras,  fazerem parte dos mesmos estabelecimentos quando têm excelentes condições de habitabilidade.

Também não se compreende como não são atribuídos poderes às autarquias no sentido de que estas pudessem obrigar alguns senhorios a arrendar as casa vetadas ao abandono quando as mesmas são perfeitamente habitáveis.

 Muitos exemplos haveria para demonstrar estas situações, mas deixo aqui apenas dois:

Dois edifícios situados na Rua António Sérgio com 16 apartamentos que  só têm  3 apartamentos ocupados (vá-se lá saber porquê) ????????

Um apartamento, excelente diga-se, na Avenida 1º de Maio que foi arrendado para centro de explicações (vá-se lá saber porquê) ????????

Um apartamento excelente na esquina da Praça da República com a Rua da Liberdade e que tem para arrendar salas a 1.000€ por mês (vá-se lá saber porquê) ????????

O edifício do Café Bocage que está à venda e onde se diz que é um excelente negócio para empresas ou escritórios (vá-se lá saber porquê) ????????

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:07



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D