Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Portugal dos Pequeninos

por Carlos Gaspar, em 04.05.12

"Jornal das Caldas
03/05/2012
1ª Página
Criada nas Caldas Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso
Foi criada nas Caldas da Rainha uma associação que tem por objetivo defender a salvaguarda dos direitos dos reclusos enquanto cumprem penas de prisão e ajudar à sua reintegração na sociedade após a libertação

A atividade da APAR-Associação Portuguesa de Apoio ao Recluso “não é discutir penas ou condenações e, muito menos, desvalorizar condutas criminosas”, esclarece Eduardo Fonseca, vogal da Direção. De acordo com os estatutos, a associação “pugnará pelo cumprimento integral da lei que rege a execução das penas ciente de que um presidiário não deixa de ser uma pessoa com todos os seus direitos, exceto o da liberdade”.

A APAR é uma “organização sem fins lucrativos e sem qualquer fim político, racial, religioso ou filosófico” e procura “colaborar com os reclusos em Portugal, independentemente da sua nacionalidade, e com os portugueses detidos em prisões estrangeiras, na obtenção de apoios jurídico, social e familiar”.

A escolha das Caldas da Rainha deveu-se à localização geográfica no centro do país – permitindo uma maior aproximação a todos os estabelecimentos prisionais – e o apoio da Câmara Municipal e da Junta de Freguesia de Alvorninha, que cederam o espaço para a sua sede e manifestaram interesse “pela problemática dos Direitos Humanos”.

A sede é a antiga escola primária da Moita, em Alvorninha, que estava desativada.

A tomada de posse dos corpos diretivos da APAR decorreu no dia 28 de abril, no salão nobre da Câmara Municipal. Jorge Antunes é o presidente, Teresa Martins a vice-presidente, Vítor Ilharco o secretário-geral, António Aguiar o tesoureiro e Eduardo Fonseca, Luís Maia e Luzete Bandeira são vogais.

Francisco Coutinho é o presidente da assembleia geral, tendo como vice-presidente Vanda Abreu e secretária Cremilde Pinto.

O Conselho Fiscal é presidido por Diniz Silva e tem como vogais João Rosa e Paulo Pinto, enquanto que do Conselho Consultivo fazem parte Anabela Costa, Carlos Peralta, Carlos Poiares, Carlos Rato, Domingos Matos, Francisco Raposo Ferreira, Hernâni Carvalho, Humberto Pereira, Isabel Ferreira, João Craveiro, João Peres, Luís do Paço, Paulo Machado, Paulo Sargento, Quintino Aires, Rodolfo Pereira, Rui Verde, Rui Vila, Vítor Costa e Vítor Gaspar.

Francisco Gomes"

Fiquei deveras “emocionado” com a criação desta associação, que até teve direito a tomada de posse no Salão Nobre da Câmara Municipal. Finalmente existe uma associação que, tem como objectivos, “defender a salvaguarda dos direitos dos reclusos enquanto cumprem penas de prisão e ajudar à sua reintegração na sociedade após a libertação”. Quais reclusos? Os que mataram? burlaram? violaram? Só podem estar a brincar comigo quando têm na sua direcção um BURLÃO profissional. Que tal se as pessoas como eu nos juntarmos e criarmos a APAL? ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA PARA A DEFESA DO LESADO? Será que podemos contar com figuras tão proimininentes como as que fazem parte desta?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:53



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D