Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caldas da Rainha e Região Oeste

"Para quem se interessa pelos nossos problemas"

Caldas da Rainha e Região Oeste

"Para quem se interessa pelos nossos problemas"

Melancolias

02.01.12, Carlos Gaspar

Entrámos em 2012 e cada vez mais me sinto mais nostálgico e mais saudoso do passado. É difícil descrever este sentimento que sinto, mas ele é essencialmente devido ás coisas menos boas que diariamente se vão fazendo sentir. É a falta de educação, a falta de respeito, a falta de responsabilidade e, principalmente, a falta de perspectivas para o futuro. E não estou a falar do mundo, restrinjo-me apenas á minha cidade. Quando recuo para a minha infância e juventude, e vejo que houve um retrocesso evolutivo, não posso calar a minha revolta e indignação, contra todos aqueles que foram e são responsáveis por esta situação. Uma cidade que nos anos 60 e 70 era, em termos de projecção, o maior centro termal, o maior parque industrial de cerâmica, um dos maiores centros turísticos do País entre muitas outras coisas, é hoje o quê? Uma cidade sem indústria cerâmica, sem termas, sem turistas, mas com estudantes?, paredes sujas, casas fechadas e a cair, urbanizações inacabadas, lixo por todo o lado. Para além disso vemos a cada dia, encerrarem estabelecimentos e acabarem profissões, como por exemplo: Livraria 107, Drogaria Mimosa e Casa Jaime Neto, latoeiro, funileiro e amolador. É ou não de uma pessoa se sentir desiludida e desgostosa, por ver que a sua cidade, foi das primeiras do País durante vários séculos, e hoje nada mais é que um feudo de alguns que, pura e simplesmente, a destituíram a reles, suja e feia, cidadezinha de província?