Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caldas da Rainha e Região Oeste

"Para quem se interessa pelos nossos problemas"

Caldas da Rainha e Região Oeste

"Para quem se interessa pelos nossos problemas"

Festas da Cidade custaram 100 mil euros

03.06.15, Carlos Gaspar

"Os festejos do dia 15 de Maio mereceram referência por parte de vários deputados e também do presidente da Câmara. O deputado do PSD, António Cipriano, foi o primeiro a destacar a efeméride deste ano, revelando que foram “quatro dias absolutamente fantásticos”e que contagiaram todos os caldenses e visitantes. O social-democrata enfatizou a presença do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, “que dignificou muito as nossas festas”, assim como o festival do cavalo lusitano que foi, uma vez mais um grande sucesso. Referindo-se ao Parque D. Carlos I, onde decorreu o certame, António Cipriano, referiu que este é uma mais-valia e que deve ser mais usado.

Referindo-se às intervenções da cerimónia que decorreu no CCC, o deputado destacou duas, pelo seu conteúdo. O discurso do presidente da Assembleia Municipal, Luís Ribeiro, que foi importante porque “tentou mobilizar-nos para a defesa do nosso hospital”, e o de Tinta Ferreira, que mostrou uma “visão de futuro para o concelho das Caldas”.

O deputado gostou particularmente do filme apresentado sobre o que poderá ser o aproveitamento futuro dos pavilhões do Parque, e que foi um “tónico de confiança e esperança”. Deixou ainda a sugestão de que este possa ser traduzido para inglês, de modo a contribuir para atrair esse “investidor que tanto desejamos”, concluiu.

Também Tinta Ferreira considera que as festas correram bem e destacou a boa parceria existente com a Associação do Cavalo Lusitano, que permite a realização do festival.

“O município teve como despesas para as festas da cidade, incluindo o Festival do Cavalo Lusitano, cerca de 100 mil euros”, disse, ressalvando que este montante não contempla o investimento na iluminação do parque.

Tinta Ferreira destacou ainda o envolvimento e parceria com a sociedade civil, lembrando que a autarquia apoia eventos como o Festival do Marisco, as Tasquinhas do Landal ou o Caldas Late Night." in Gazeta das Caldas de 30/05/2015.

Democracia (1), é o que parece não existir na mente do representante do psd na assembleia municipal, António Cipriano. Nesta ou noutra qualquer assembleia, não exprime o que pensa mas sim o que lhe mandam dizer. Ou seja: este "rapazolas" que, a exemplo de muitos outros nesta cidade, nunca fizeram nada na vida, a não ser, valerem-se da política para chegarem onde nunca chegariam se não fosse o "partido", não passa de um tapete de um qualquer cacique local.

1- (grego demokratía, -as, governo do povo), in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/democracia [consultado em 03-06-2015]